PRESS RELEASE

CD "Toque de Arte - 20 Anos - Ao Vivo"

 

      São quatro artistas que fazem música com virtuosismo e empolgação. São quatro cantores contaminados pelo vírus de cantar em vocal. Eles são o Toque de Arte, que lançaram no início de 2017, no palco do Rio Scenarium – Pavilhão de Cultura - RJ, seu mais novo trabalho, o CD “Toque de Arte – 20 Anos – Ao Vivo”, gravado num dos mais belos espaços artísticos do país, o Citibank Hall – RJ, cantando e celebrando sua bela trajetória musical.

        O Toque, como é carinhosamente conhecido, atua no mercado nacional e internacional, e se apresenta com mais frequência nos principais palcos da Lapa carioca, região que ajudou a revitalizar artística e culturalmente há mais de 15 anos, fazendo a cada show, uma festa para o público fiel.

         Em seu repertório o grupo passeou por sambas tradicionais, instrumentais clássicos, sambalanços, sambas-enredo e até pelo Pop Rock, mostrando um ecletismo real lapidado ao longo de vários anos de estrada. E sempre com sua a característica marcante: a vocalização de 4 cantores.

     O quarteto aproveitou para homenagear o seu maior tutor, o amigo e saudoso Magro Waghabi, eterno maestro do grupo MPB-4, que ajudou a moldar o perfil vocal do grupo, marca registrada do Toque de Arte .

     Magro começou em 2002 um trabalho com o quarteto que culminou no primeiro CD – Samba & Voz (2004 - independente) - com participações de Chico Buarque e Martinho da Vila, e no segundo CD (2008 - Albatroz) – Pelos Quatro Cantos – com a participação luxuosa da Alcione “Marrom”.

Depoimento:

Marcelo Eloi - Integrante e Produtor do Toque de Arte

 

            “Nós levamos boa parte da nossa história artística, trabalhada com entusiasmo e dedicação, para este novo projeto, atendendo aos pedidos do nosso público e para que a nossa verdade ficasse ainda mais completa, já que estamos falando de um trabalho ao vivo.

             Nesse momento lançamos o CD que é o áudio do DVD, já lançado no exterior, e escolhemos para isso o palco do Rio Scenarium, espaço que nos abraçou há 15 anos quando chegamos na Lapa. E nada mais aconchegante do que lançar esse nosso terceiro CD num local onde nos sentimos em casa. Foi realmente uma grande festa brasileira”.